Aumento de incêndios no verão demanda maior cuidado

Segundo o Corpo de bombeiros Militar, em momentos com a temperatura elevada, como o verão passado e o atual, é registrado um aumento de 49% dos casos de incêndios em estruturas como residências, comércios e indústrias.

Isto pode acontecer por descuidos ou por defeitos de alguns produtos, embora possam ser, facilmente evitados. A combinação do calor com a utilização de vários aparelhos eletrônicos, pode ser perigosa, pois quando há o princípio de incêndio, todos os materiais que estão à volta tornam-se combustíveis para o fogo.

De acordo com os bombeiros, os focos de incêndio geralmente são equipamentos que integram o fogão, como o botijão de gás, sobrecarga elétrica por conta de equipamentos em excesso nas tomadas, cigarros ou velas acesas, em contato com superfícies que pegam fogo, e entre outros.

O recomendado de se fazer durante o incêndio é desligar o sistema elétrico e retirar os ocupantes do lugar, afastar-se do foco do incêndio. Caso esteja difícil para respirar, um lenço ou toalha molhada podem ajudar, e, claro, acionar o Corpo de Bombeiros (193), pois eles possuem os equipamentos adequados para lidar com esse tipo de situação, como as mangueiras e válvulas para combate de incêndio que são fornecidas pela Transbor.

Por: Transbor